banner abril verde

Artigos por

Eliezir Viterbino

Artigos por

Leandro Peres Loureiro de Oliveira

Artigos por

Wilker Anderson Silva Moraes

Artigos por

Junior Cezar Vidotti

Artigos por

Marcos Augusto da Silva

Artigos por

Márcio de Oliveira Macedo

Artigos por

Eleandro Geres Rozan

Artigos por

Guilherme Coutinho de Souza

Artigos por

Victor Dantas Gomes

Artigos por

Wagner Dimas de Carvalho

Sobre o Autor

História

Em 1945, o término da Segunda Guerra Mundial e o fim do Estado Novo alteraram o foco da política social e econômica do Brasil, fazendo com que o País se voltasse para a concepção de mecanismos que, se por um lado garantiriam uma sociedade democrática, por outro legitimariam a representatividade das classes trabalhadoras e empresariais. Somente o pacto entre empregadores e empregados pôde gerar um ambiente de paz social, resultado do encontro das duas forças produtivas.

Nesse contexto, acelerou-se a criação da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), reconhecida em 30 de novembro de 1945 como a entidade máxima do empresariado comercial brasileiro.

Em 1946, a CNC criou seu próprio sistema de desenvolvimento social, montando o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), e, logo depois, o Serviço Social do Comércio (SESC). Essas entidades formam, hoje, um dos maiores sistemas de desenvolvimento social de todo o mundo.

 

Visite a Linha do Tempo da CNC no Facebook e saiba mais sobre a história da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo: www.facebook.com/SistemaCNC